Mulheres querem ouvir a verdade será?

As histórias de pescador são clássicas, o sujeito pescou uma bota velha e diz que pegou uma truta de 30 quilos.


É assim que ele se sente. Isso que você quer?

Homens são mais inclinados a mentir, em especial para as mulheres, porque são movidos a realização e desempenho.

Lembremos que esses meninos foram educados por mulheres que provavelmente não admitiam fraquezas, falhas e, estranhamente, mentiras.

Se você convive com uma mãe que exige perfeição como será que é dizer a verdade o tempo todo?
Em algum momento a verdade e a perfeição serão incompatíveis. O que a criança faz? Mente na cara dura para obter aprovação. A mãe descobre a verdade, mas costuma ser falsamente-punitiva, ela finge e até tolera, mesmo que deixe a marca da culpa e reprovação na mente dos seus garotos-de-ouro.

Já com as meninas as mães costumam ser impiedosas, e além disso elas tendem a ser mais obedientes e acabam por assumir a verdade como um lema de vida ou morte, como as suas mães.

Os meninos crescem e os hábitos não mudam, continuam querendo agradar a todos para se sentirem grandiosos. As meninas crescem e sua necessidade de viver pela verdade absoluta e não serem passadas para trás também.

Pense no encontro desses espécimes: alguém que quer agradar e ser perfeito e alguem que espera a perfeição mas não gosta de mentiras.

Me lembrei de uma história contada por uma amiga.

Ela teve um dia muito gostoso ao lado do marido, eles se amam de verdade (eu acredito), dificilmente brigam, e num certo momento da noite, enquanto ela terminava de tomar banho ele atendeu uma ligação do escritório (trabalhava com importação) e resolveu atender, já que esperava ela sair do banho. Ao vê-lo atendendo o celular ela se fechou de um jeito resoluto, nada que ele dissesse mudaria aquilo. Segundo ela, dormiram de bundinha, cada um para o seu canto. O plano original era uma transa calorosa.

Ela me confessou que se decepcionou, pois ele não privilegiou o momento a dois indo atender o telefone. na visão dele não ouve problema real, afinal ela estava ocupada.
O ponto central da questão é até que ponta ela estava realmente preocupada em ter atenção exclusiva ou fazê-lo sentir mal por ter feito algo ERRADO?

Na conversa eu disse a ela “se seu objetivo era ter o máximo de prazer e convívio com ele você conseguiu perder uma noite inteira juntos por conta de 5 minutos de distração dele”. Ela caiu em si e percebeu que seu receio de ser deixada de lado e não tolerar erros criou aquele impasse. [dor com honestidade]

Muitas mulheres fazem o mesmo, criam as arapucas que mais tarde prenderão os seus pés.
Elas pedem a verdade, mas não a toleram. Não convivem bem com os erros dos outros, não são parceiras nos fracassos apesar de dizer que são. Já ouvi de uma mulher algo assim
“se ele tivesse me contado que sua empresa entrou em falência eu teria apoiado”. Diante da minha insistência para dizer o que realmente sentiria ela confessou “acho que no fundo teria medo e olharia ele com olhos de superioridade e condenaria o fato de que ele administrou mal o dinheiro e me expôs à dificuldades financeiras”
Em quem ela estava pensando de verdade? Apenas nela e em acusar o quanto aquele homem era imprudente. Ele se sentiu confortável de abrir o jogo com ela? Claro que não, afinal não poderia expor o seu orgulho de maneira tão drástica. [o que as brigas revelam de um casal]

Se homens e mulheres não baixarem suas guardas será muito mais dificil o tal diálogo aberto que elas tanto sonham.[3 dicas]

Se você quer a verdade do seu marido seja flexível, amorosa, cautelosa nos comentários e julgamentos. Em essência coloque seu egoísmo mascarado de medo de lado e ouça a pessoa (que diz amar) de coração realmente aberto. Quem sabe ao invés de ficar preocupada em ser feita de besta você ouvirá uma verdade difícil, mas pelo menos honesta dele… Muitas vezes nos privamos do amor por causa da suposta verdade e “coisa correta a se fazer”, porque ela endurece a vida. Ao invés de conseguir um parceiro você terá um homem assustado ao seu lado e… mentiroso. [verdades duras de um casal]

Se ele errou pode colocar isso na mesa de forma leve, sem criar um campo de concentração. A maturidade de uma pessoa se revela na capacidade de seguir em frente depois de um erro que alguém cometeu. [maturidade emocional]

Brinco que em certas circunstâncias quando a necessidade obssessiva da verdade entra o amor se torna um erro. O amor passa muito mais por descaminhos do  que pelo bom e velho bom senso.
______________
Share on Google Plus

About Santarém-PA

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.