CMT aprova arredondamento de tarifa de mototáxi para R$5 em Santarém

Valor aprovado para zona 1 em setembro de 2015 era de R$4,50.
Proposta ainda deve ser encaminhada para avaliação do prefeito.


Pedido de arredondamento da tarifa foi feito pelos
mototaxistas 
O Conselho Municipal de Transporte (CMT) de Santarém, oeste do Pará, aprovou nesta terça-feira (19) a proposta de arredondamento da tarifa de mototáxi no município. De acordo, com a assessoria de comunicação do CMT, com o reajuste a tarifa a ser cobrada na zona 1 da cidade deve ser de R$5.


Em setembro de 2015, foi aprovado o valor de R$4,50 para zona 1, R$6 para zona 2 e no caso de corridas para zona 3, o valor seria negociado entre passageiro e mototaxista, mas a proposta não chegou a ser sancionada pelo prefeito Alexandre Von.  Na nova proposta somente o valor cobrado para corridas na zona 1 foi alterado. (Veja os bairros que compõem cada zona na relação abaixo)

O pedido de arredondamento da tarifa de R$4,50 para R$5 foi feito pelo Sindicato dos Mototaxistas, considerando o aumento do preço da gasolina e que a tarifa deve ficar congelada pelo período de 12 meses a contar da implementação.

A proposta de aumento das tarifas de mototáxi ainda deve ser encaminhada para avaliação do prefeito Alexandre Von, a quem cabe baixar decreto oficializando o aumento.

Limitações de zonas
 
Zona 1 compreende os bairros: Centro, Salé, Aldeia, Laguinho, Fátima, Santa Clara, Prainha, Liberdade, Caranazal, Aparecida, Mapiri, Jardim Santarém, Santíssimo, Santana, Uruará, São José Operário, Interventoria, Aeroporto Velho, Livramento, Diamantino até o limite com a Moaçara e Esperança até o limite com a BR-163.


Zona 2 compreende os bairros: Maracanã, Maracanã II, Nova Vitória, Elcione Barbalho, Novo Horizonte, Santarenzinho, Conquista, São Cristóvão, Amparo, Matinha, Floresta, São Francisco, Nova República, Santo André, Urumari, Diamantino (do limite da Avenida Moaçara, sentido bairro Santo André), Área Verde.

Zona 3 compreende os bairros: Vitória Régia, Cambuquira, Ipanema, Jutaí, Vigia, Jaderlândia, Maicá, Pérola do Maicá, Mararu, Urumanduba, Alvorada, Cucurunã, Aeroporto Internacional Maestro Wilson Fonseca e outros bairro não listados que seguem a sequência dessa localização.


Taxa atual
 
A taxa atual que deve ser cobrada pela categoria é de R$ 3 do Centro até a Avenida Moaçara. Para os bairros do Urumari, Vitória Régia, Matinha e Maracanã, a taxa aumenta para R$ 4. Nos bairros mais distantes, o preço é combinado. Por muitas vezes, o abuso na cobrança da tarifa foi alvo de reclamação dos passageiros, mas a categoria argumenta que o atual valor cobrado não cobre os gastos dos profissionais.



FONTE : G1
Share on Google Plus

About Santarém-PA

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.